Videos Cirúrgicos

  • Cirurgia do Colesteatoma Congênito

Esta é uma cirurgia que teve o propósito de remover uma tumoração epitelial, chamada colesteatoma, em uma criança de 7 anos, que nasceu com este problema. 

Seu colesteatoma congênito localizava-se no ouvido médio, região situada atrás da membrana do timpano. A incisão cirúrgica é feita atrás da orelha e um afastador auto-estático mantém o pavilhão auricular para a frente, possibilitando a visão do osso da mastoide.

O acesso ao ouvido médio se deu através do conduto auditivo externo, utlizando-se microscópio cirúrgico que permite uma grande amplificação da imagem.