Tratamentos  Cirúrgicos

Monitoramento de Nervos Cranianos

Em determinadas cirurgias dos ouvidos, da base do crânio, das tireóides e das parótidas fica indicado o monitoramento de nervos cranianos com o intuito de se evitar seqüelas graves, como por exemplo a paralisia facial, que se trata de complexo infortúnio. Seqüelas decorrentes de lesões dos nervos cranianos nestes tipos de cirurgias podem ser minimizadas com a técnica de monitoramento de nervos cranianos. 


Os nervos monitorados (III, IV, V, VI, VII, VIII, IX, X, XI e XII) são responsáveis por funções de extrema importância, tais quais, movimentação do globo ocular, sensibilidade da face, a mímica facial com a movimentação da boca e pálpebras, a audição, o equilíbrio, a fala e a deglutição dentre outras.

 

Durante cirurgias das mastóides, com por exemplo para a remoção de colesteatomas e implante coclear, a utilização do monitoramento eletrofisiológico trans-operatório do nervo facial tem como objetivo disponibilizar ao cirurgião um mapeamento do trajeto do nervo no ouvido para minimizar eventuais lesões do nervo facial, o que poderia comprometer seriamente os movimentos da face.

  • Grey YouTube Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Google+ Icon

Clínica Paparella


Rua Bernardino de Campos, 1503

CEP - 14015-130 - Ribeirão Preto - SP

Fone - Fax (16) 3610-6755 / 3610-8459

 

Horário de funcionamento   
Das 9h às 19h30

De Segunda à Sexta-feira

  • Facebook - White Circle
  • Google+ - White Circle
  • YouTube - White Circle